Acabamento e polimento em resita composta: ambas são essenciais quando o assunto é restauração dos dentes. Saiba mais em nosso artigo!

A restauração dos dentes é um procedimento muito procurado nos consultórios. Mas além da realização de um bom processo, a finalização é uma etapa essencial para o melhor sorriso. Por isso, o acabamento e polimento em resina composta são procedimentos importantes para a estética e o conforto bucal do paciente. 

Eles removem os excessos grosseiros da restauração, proporcionando uma anatomia melhor e fornecendo um aspecto mais natural ao elemento. Assim, tiram aquela  rugosidade superficial, que também diminui a proliferação de bactérias. 

Assim, o acabamento e polimento em resina composta são muito importantes. Porque além de remover esses excessos, também ajustam a oclusão e a escultura da restauração e melhora adaptação marginal.

Vantagens do acabamento e polimento em resina composta

Como você viu, realizar o polimento em resina composta nos pacientes, após a restauração, proporciona vantagens, como: 

  • Redução no acúmulo de placa bacteriana;
  • Aumento do conforto para o paciente;
  • Menos manchas e corrosão;
  • Melhor a estética;
  • Mais compatibilidade com os tecidos periodontais.

Já o acabamento destas resinas é feito em dois tempos: imediato e mediato, com  média de 24 horas. 

No imediato, os procedimentos são: 

  • remoção dos excessos grosseiros;
  • dar forma adequada à restauração;
  • lâmina de bisturi 12 (excessos das proximais).

Já no mediato, são: 

  • correção da forma anatômica, se preciso;
  • textura adequada;
  • brilho natural;
  • uso de discos preferencialmente a seco (cuidar com a pressão e a velocidade;
  • uso de pontas de silicone ou de borrachas com pasta de polimento.

A importância de uma boa restauração

Mas para que esse acabamento e polimento ocorram de forma facilitada, o ideal é que todo o processo de restauração seja satisfatório.Porque se uma resina foi mal polimerizada será incapaz de manter um polimento adequado 

E para isso, são necessários alguns fatores. O primeiro é a fotoativação. Neste caso, 

o profissional deve garantir que a resina composta alcançou o máximo de polimerização possível. Se positivo, o processo ocorre normalmente.

O segundo fator a ser considerado é que todas as etapas realizadas sobre a resina nas fases de acabamento poderão influenciar no polimento final. Portanto, o dentista ao realizar o acabamento deve fazê-lo de maneira a não danificar a matriz da resina composta excessivamente.

Um dos fatores que influencia neste processo é o uso de pontas diamantadas nas etapas de acabamento. Elas podem gerar riscos muito profundos no material além de danos permanentes na resina, que irão afetar o polimento. 

Dessa forma em substituição às pontas diamantadas, sugere-se optar pelo uso de brocas laminadas ou discos contendo abrasivos 

E para o melhor sorriso e restauração, o acabamento e polimento em resina composta torna-se indispensável em seu tratamento dentário. E para isso você pode contar com a Essentia Odonto!

Aqui você encontra os melhores profissionais e materiais para a perfeita restauração de seu sorriso. Não deixe o seu sorriso para depois. Invista em você! Marque uma avaliação conosco hoje mesmo. 

Essentia Odonto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *