Saiba que nem todas as informações encontradas sobre clareamento dental são verdadeiras. Separamos as principais mentiras sobre o procedimento.

 

Ter os dentes mais claros é o desejo de muitas pessoas, que recorrem ao clareamento dental. Apesar de sua grande fama, sendo um dos procedimentos mais procurados em clínicas odontológicas, ele ainda gera muitas dúvidas. 

 

Muitas informações sobre o clareamento dental são facilmente encontradas na internet, mas isso não quer dizer que todas sejam totalmente verdadeiras. 

 

Reunimos neste post algumas informações que são grandes mitos sobre o clareamento dental. Veja!

1 – O clareamento dental deixa meus dentes bem branquinhos

 

Não é verdade e essa informação pode desanimar muitas pessoas que desejam dentes bem branquinhos e recorrem ao clareamento dental.

 

Ele vai sim clarear os dentes, mas a cor não mudará instantaneamente. Tudo dependerá da situação de como o paciente chega para o procedimento. Então necessariamente não ficarão brancos como uma folha de papel.

 

Portanto, se você tem um dente cinza, ele não vai sair branco do consultório, ele vai ficar cinza mais claro. Se for amarelo, amarelo mais claro. E se já for branco, aí sim, pode sair muito branco, porque clareou. 

2 – Cremes dentais funcionam como clareadores

 

Um dos grandes erros das propagandas de cremes dentais é mostrar que os dentes ficam branquinhos após o uso do produto. 

 

A verdade é que os cremes clareadores por terem uma quantidade de abrasivos maior que as pastas convencionais, remove os pigmentos da superfície do seu dente. Mas necessariamente não o mesmo procedimento do clareamento. 

 

Mas com uso excessivo, esse abrasivo arranha a superfície do esmalte do seu dente, e o deixa mais sensível.

 

No mercado há um outro tipo de pasta de dente clareadora promete resultados clareadores imediatos. isso porque elas possuem substâncias que atuam como espelhos, impregnadas na superfície dental e refletem a luz, dando a falsa impressão que o dente está mais claro. 

3 – O clareamento prejudica o esmalte dos dentes

 

Que sentido faz um procedimento acompanhado por dentistas causar problemas odontológicos? Nenhum! Independente do método utilizado (caseiro ou laser), o foco é retirar a coloração amarelada dos dentes, sem nenhum risco a estrutura dental.

 

Os produtos utilizados no clareamento dental são peróxidos e são cáusticos por natureza, que podem deixar os dentes mais sensíveis. Mas não se preocupe! Isso é passageiro. 

4 – Escovar os dentes com carvão os deixa mais claros

 

Outro mito! Escovar dentes com carvão virou moda na internet, onde muitas blogueiras no Youtube realizaram o procedimento, por supostamente clarear os dentes. 

 

O princípio do carvão é o mesmo do creme dental clareador: mais um abrasivo na sua boca. Tira um pouco de pigmento grudado no seu dente e arranha a superfície do esmalte. Pouco resultado efetivo!

 

Mas especialistas alertam que produtos abrasivos ou usar qualquer método sem embasamento científico podem prejudicar a saúde da sua boca e gengiva.  

5 – Todas as pessoas podem fazer clareamento dental

 

Nem todo mundo pode fazer o clareamento dental. Assim, deve ser ser evitado por crianças, pessoas com sensibilidade nos dentes, com excesso de restaurações e dentes que não sejam naturais. 

 

Mas há uma controvérsia entre os dentistas sobre mulheres grávidas. Independente de opiniões, tratamentos estéticos nesse período devem ser evitados para não surgirem complicações na gestação.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *