A remoção dos famosos sisos é muito procurada nos consultórios. 

Os dentes do siso, também conhecidos como “dentes do juízo” são motivos de dores para muitas pessoas. Por serem os últimos a nascerem na arcada dentária, geralmente devido à falta de espaço acabam ficando mal posicionados.

Com isso, é comum sentir dores na região. E a extração é o procedimento mais indicado pelos profissionais. 

Mas há pessoas que não se sentem incomodadas com o nascimento dos sisos e por isso não recorrem ao método. Nesses casos, é preciso fazer a remoção? 

Essa é uma dúvida muito comum entre esses pacientes. E para respondê-la de forma eficiente, preparamos este post que vai te explicar com mais detalhes sobre a importância da remoção dos sisos. Então continue conosco!

Como eu sei que o dente do siso está nascendo?

A dor é o sintoma mais comum que indica que os dentes do siso estão nascendo. Eles são os terceiros molares que se localizam na cavidade superior e na inferior. Geralmente nascem dois dentes do siso em cada cavidade. 

Mas há outros sintomas que apontam o nascimento dos sisos, como a  inflamação, inchaço e limitação de abertura bucal. 

Geralmente os sintomas surgem quando não há espaço na cavidade bucal para que os dentes fiquem bem posicionados.

E a regra é clara: ao sentir algum desses sinais, marque uma consulta ao odontologista para averiguar o quadro.

Mas porque a extração do siso é indicada?

Quando o paciente não sente dor com o nascimento do siso, é porque ainda tem  espaço para acomodar esses dentes, podendo mantê-los em seu sorriso. Neste caso, não é necessário fazer a remoção dos dentes.

Mas a situação mais comum é que a extração seja realizada. Porque muitas vezes, os terceiros molares estão abaixo do nível do osso da mandíbula. 

Quando não são extraídos, podem provocar problemas para a saúde bucal. Pois o dente atrapalha o alinhamento dos dentes e o seu mau posicionamento pode levar a compressão.

Ou seja, a lesão do segundo molar faz com que o paciente morda a bochecha regularmente, causando cistos ou outras lesões.

Benefícios da extração do siso

É indicado realizar a extração dos sisos especialmente para o caso dos pacientes que não apresentam espaço na arcada dentária. 

 Porque os sisos podem empurrar os outros dentes, entortando-os ou atrapalhando a mordida. Assim, a extração deles pode evitar a má oclusão, inflamação e cistos, dor e perda de função. 

E após fazer a cirurgia de remoção dos sisos, o paciente precisa tomar os cuidados durante o pós-operatório, de acordo com o que for determinado pelo dentista.

E isso inclui: 

  • repouso;
  • alimentação morna durante as primeiras 24 horas;
  •  atenção no momento da higiene bucal;
  • evitar bochechos.

 

Agora que você aprendeu mais a importância da remoção dos sisos para sua saúde bucal, aprenda mais dicas como essas acompanhando o blog da Essentia Odonto, que tem as melhores informações sobre saúde bucal para você!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *